segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Sopa de feijão manteiga


A sopa é uma boa base de qualquer refeição porque contém muita água, vegetais e legumes. Como também lhe podemos juntar leguminosas, peixe ou carne, acaba por ser uma excelente fonte de proteína. Eu não costumo juntar batata porque não gosto muito do sabor e para que a sopa fique mais light, mas quem quiser a energia dos hidratos de carbono, deve juntar. Só mesmo por isso, porque não me digam que só com batata é que se engrossa a sopa... a sopa fica mais ou menos grossa e densa na medida da água ou caldo que lhe juntamos em relação aos legumes que temos, é tão simples quanto isso. Se temos legumes com mais água, como a courgette ou a abóbora, e queremos uma sopa cremosa, temos que ter o cuidado de juntar menos água. Ingredientes excelentes para tornar a sopa mais grossa e cremosa: couve flor, bróculos, chuchu, batata doce, leguminosas. 
Quando junto batata à sopa é da doce, em certas combinações fica saboroso. Também gosto muito de sopa de grão e de feijão e as leguminosas são uma boa fonte de proteína, opto por elas muitas vezes nas minhas refeições, incluindo nas sopas. A sopa é um desafio à imaginação quase tão grande como fazer um bolo... quase!! Um bolo é um bolo, é doce e desperta mais o palato, mas uma boa sopa também se come com muito prazer. Eu sou  gulosa, mesmo por sopa, se for boa, claro! O desafio à imaginação prende-se com o facto de, no fundo, uma sopa ser uma mistura de tantos ingredientes quantos e quais desejarmos (como os bolos... quase como os bolos!). Uma das minhas sopas preferidas é a de peixe, de qualquer peixe, aproveito as cabeças e espinhas, por exemplo, e faço uma sopa deliciosa, vejam aqui, por exemplo, o aproveitamento do tamboril: RECEITA AQUI.
Este fim-de-semana o que me apetecia mesmo era sopa de feijão. A minha mãe tinha-me dado feijão manteiga muito bom e, lembrando-me que o tinha guardado, fui fazer a sopa. Forte, quente, reconfortante... quase uma feijoada, mas sem carne ;) impecável para o frio!

Ingredientes:
1 chávena de chá cheia de feijão manteiga seco
Meio nabo
1 courgette não muito grande
500 gr de abóbora
1 alho francês
1 dente de alho
Meia couve coração
1 fio de azeite
sal qb

Preparação:
Na vêspera, ponha o feijão de molho durante 24 horas. No dia de fazer a sopa, coza o feijão em água só temperada com um dente de alho esmagado. Corte um terço da abóbora e um terço da couve em pedacinhos e juliana, respetivamente e deixe cozer ao vapor, num cesto, no mesmo tacho onde coze o feijão. Quando o feijão estiver macio, retire-o e reserve a água no tacho. Retire também à parte os pedacinhos de abóbora e couve coração. Junte todos os legumes no tacho, com a água de cozer o feijão, junte mais água até cobrir tudo, tempere com sal e leve a cozer até os legumes estarem macios. Quando tudo estiver cozido, triture, junte um pequeno fio de azeite e os feijões e a couve que reservou previamente cozidos. Sirva bem quente.



Bom apetite! Comam bem e de forma saudável!


Nenhum comentário:

Postar um comentário