quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Arroz de bacalhau com molho de coentros



O bacalhau talvez seja o mais tradicional dos ingredientes utilizados na gastronomia portuguesa. E é o tal que pode ser confecionado de mil maneiras. Mil e uma?... Mil e qualquer coisa! São muitas, muitas e boas! Nós, portugueses, que nem temos bacalhau nos nossos mares, somos o povo que mais e melhor confeciona e come este peixe na sua versão salgada/demolhada. Um dos motivos é o facto de sermos muito criativos. E guloso, pois claro! Sendo um ingrediente muito utilizado, dá origem a alguns dos pratos mais gulosos e tradicionais da nossa cozinha.
Como boa portuguesa, bom garfo e cozinheira jeitosinha que sou, adoro bacalhau de todas as formas como, aliás, se pode ver aqui no blog. Tenho por aqui receitas de bacalhau para todos os gostos e palatos... Açorda de bacalhauFeijoada de bacalhau, Pastéis de bacalhau, Pataniscas de bacalhau, Favada de bacalhauvários pratos de forno de bacalhau e até Couscous de caldeirada de bacalhau... têm muito por onde escolher, basta pesquisar aqui no blog. Ainda não tenho as mil e uma receitas de bacalhau, mas vou continuar a trabalhar para esse objetivo ;)

Este mês de fevereiro o tema no grupo Dia Um... Na Cozinha era precisamente "Pratos tradicionais portugueses". Eu tinha (e mantenho) outra receita em mente, mas como não tive tempo de a fazer, optei por um prato de bacalhau, que é sempre prático, bem conseguido e típico, como o tema exigia. De onde sou, aqui por terras do Ribatejo, o arroz confeciona-se de muitas formas e o arroz de bacalhau é um prato bastante tradicional. A minha avó e a minha mãe também fazem massa de bacalhau, que eu gosto desde que o bacalhau esteja lascado, apesar da forma mais comum de apresentar o prato seja com pedaços grandes (quase posta inteira). No caso do arroz, também se pode fazer de várias formas, mas eu gosto assim, com o bacalhau lascado, sem peles nem espinhas e o arroz cremoso, quase tipo risotto. Uso sempre o nosso arroz carolino das Lezírias Ribatejanas, que é tão bom! Espero que gostem da minha sugestão e de alguma inovação que tentei dar ao prato, juntando o molho de coentros e o enchido crocante.


Ingredientes para 4 pessoas:
200 gr de arroz carolino

2 postas grandes de bacalhau
1 cebola
1 alho francês
8 fatias finas de enchido de porco do cachaço
1 molho de coentros
1,5 dl de azeite
1 dente de alho
1 folha de louro
Para o piso (molho pesto): 1 molho de coentros, 2 nozes inteiras, 20 gr de queijo da Ilha, 1 dente de alho, azeite, sal e pimenta qb 
Sal e pimenta qb
7 dl de água



Preparação:

Coloque 7 dl de água num tacho com 1 dente de alho esmagado, a parte verde do alho francês, os pés do molho de coentros e alguns grãos de pimenta. Tape e deixe ferver durante 5 minutos. Reduza o lume para baixar a fervura e junte o bacalhau. O caldo deve estar no ponto imediatamente antes da fervura quando juntar o bacalhau. Deixe-o cozer durante 8 a 10 minutos ou até começar a lascar. No fim desse tempo, retire, coe e reserve o caldo. Retire espinhas e peles ao bacalhau e deixe-o em lascas, reserve.
Corte 8 fatias bem finas do enchido do cachaço. Coloque-as a fritar na própria gordura numa frigideira anti aderente em lume baixo. Quando estiverem bem crocantes, reserve-as em cima de papel absorvente. Quando secarem totalmente vão ficar ainda mais crocantes.
Para o molho piso de coentros: numa picadora ou no almofariz coloque as folhas dos coentros (reservando algumas para polvilhar o arroz no final), as nozes, o queijo da Ilha, um dente de alho, sal e pimenta qb e um generoso fio de azeite. Triture/pise tudo muito bem.
Faça o refogado para o arroz. Coloque azeite num tacho e junte a cebola picada finamente. Junte a parte branca do alho francês cortado em rodelas finas. Deixe cozinhar até começar a amolecer, mas sem ganhar cor. Nesse momento junte o arroz e deixe-o fritar ligeiramente. Vá juntando o caldo de cozer o bacalhau e vá mexendo sempre até o arroz estar no ponto desejado de cozedura e com uma textura cremosa (cerca de 12 minutos). Retifique de sal. No fim da cozedura junte as lascas de bacalhau e envolva.
Sirva o arroz de imediato, polvilhado com coentros frescos picados, com pedacinhos do cachaço crocante e com um pouco do molho piso.
Bom apetite! Comam bem e de forma saudável!


10 comentários:

  1. Gostei da tua receita, bastante diferente da minha. Irei experimentar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Alexandra :) Esta versão é diferente, sim, mas fica uma delícia.
      Beijinhos
      Susana

      Excluir
  2. Que bom aspeto.
    Nunca comi.

    Beijinhos,
    Clarinha
    https://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2018/02/dia-um-na-cozinha-e-rancho-portuguesa.html

    ResponderExcluir
  3. Ola Susana

    Engraçado, que quando referiste a massa de bacalhau é precisamente neste momento o que eu estou a fazer para o jantar aqui em casa, mas tal como tu, eu tb gosto dela com o bacalhau lascado... :) Adoro arroz de bacalhau, o teu ficou com um aspeto delicioso!!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá MArgarida :) A massada estava boa? ;) Este arroz é ótimo, gosto muito de bacalhau.
      Beijinhos, bom fim-de-semana.
      Susana

      Excluir
  4. Já somos duas, quanto a comer bacalhau de toda a maneira. Adorei esta receita principalmente o molho de coentros e o cachaço crocante. Realmente tens razão quando vi a fotografia pareceu-me um risotto. Adorei a receita e a apresentação. Quando tiver mais um bocadinho vou dar uma volta por aqui porque já percebi que temos muitas coisas boas.
    Vou começar a seguir-te!
    beijinhos
    Ana http://acozinhadaanikasblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada :) Também adorei a tua receita de pudim de coelho, tão original! Não consegui deixar comentários no teu blog...
      Beijinho e bons cozinhados!
      Susana

      Excluir