quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Bolo de abóbora assada e noz



Utilizo muito a abóbora nos meus pratos. É um alimento de que gosto bastante, é versátil e saudável. Uso vários tipos de abóbora (menina, manteiga, hokaido) tanto em receitas salgadas, como doces. Na sopa é raro pôr cenoura, opto pela abóbora porque não tem tanto açúcar. Fiz este bolo para o aniversário do meu pai. É um bolo delicioso, fica muito fofo, ligeiramente húmido e não é doce demais. Como a abóbora já é doce, não há necessidade de "puxar" pelo açúcar. Fica mesmo muito saboroso e os pedacinhos de noz no bolo fofo dão muita textura. Utilizei as nozes da nossa nogueira, que este ano foram muitas e bastante saborosas. O meu pai disse que o bolo era "a cara dele" e o sabor também ficou aprovado!

Ingredientes:
350 de abóbora manteiga (pesada depois de assada)
280 gr de açúcar
5 ovos inteiros
150 gr de noz moída
100 gr de farinha com fermento
Para a cobertura: 3 colheres de sopa de açúcar em pó + água qb para o glacé, cascas de laranja, nozes e alfazema qb.

Preparação:
Comece por assar a abóbora no forno a 200º. Corte uma abóbora manteiga ao meio (tamanho pequeno, cerca de 25 cm), abrindo-a no sentido do comprimento. Coloque-a, com a casca para cima, num tabuleiro forrado com papel vegetal e leve a assar por 30 minutos ou até estar macia. Depois deixe arrefecer completamente e retire a polpa da abóbora com uma colher, deitando fora a casca. Deve obter 350 gr de polpa de abóbora. Depois de assada a abóbora, baixe a temperatura do forno para os 180º. 
Bata os ovos inteiros com o açúcar durante pelo menos 10 minutos ou até obter uma mistura tipo mousse, bastante fofa. Junte a polpa de abóbora e misture bem. Misture a farinha peneirada com a noz moída e envolva delicadamente na massa. Deite este preparado numa forma redonda sem buraco, forrada com papel vegetal e untada. Leve ao forno durante cerca de 40 minutos ou até o bolo estar cozido, mas fofo (pode fazer o teste do palito e retire-o assim que a massa não esteja húmida, não deixe mais tempo para não secar).
Para o glacé, misture o açúcar com a água até formar uma pasta. Faça uns riscos de glacé por cima do bolo, polvilhe com alfazema e decore com raspas finas de casca de laranja e algumas nozes.

DICA: esta forma de cozinhar a abóbora é a que prefiro para a maioria dos doces, incluindo sonhos de Natal, porque não há desperdício, porque a abóbora fica mais saborosa, sem água e não perde as propriedades e o sabor, como quando é cozida, que fica muito ensopada em água.


2 comentários:

  1. O interior esta uma verdadeira delicia, gostei muito mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada São :) É fofinho e ligeiramente húmido, tem mesmo que ser cozido a uma temperatura não muito alta para ficar assim, fica delicioso.
      Beijinhos!
      Susana

      Excluir