sábado, 1 de outubro de 2016

Risotto de camarão com polvo



O arroz é um alimento maravilhoso, principalmente pela sua versatilidade.  Eu sou bastante "arrozeira. Gosto de arroz com tudo e até "com dentes", como se costuma dizer. Gosto de arrozes soltos, de arroz de forno, de arroz malandrinho e cremoso. Obviamente, gosto de risotto!
Desde sempre que faço o arroz doce com a técnica do risotto (ir acrescentando líquido quente pouco a pouco e mexer sempre). Foi assim que a minha avó me ensinou, muito antes da moda do risotto ter chegado até nós. Quando tomei contacto com receitas de risotto, primeiro em restaurantes, depois confecionadas por mim, fiquei logo rendida a este prato. Faço risottos de tudo e talvez o que faça mais vezes seja o de legumes, com o caldo dos legumes e estes partidos em bocadinhos, com o que tenho em casa, sem grandes planeamentos. Também gosto muito de risotto de cogumelos. Quando vi que o desafio deste mês do grupo "Dia um... Na Cozinha" era confecionar um risotto fiquei bastante contente, é realmente um prato que adoro fazer e comer! Espero que gostem da sugestão.

Ingredientes para 4 pessoas:
1 polvo com 800 gr a 1 kg
1 cebola grande
2 chávenas de arroz arbóreo
400 gr de camarão
2 dentes de alho
1 dl de azeite
1 copo de vinho Madeira (pode usar vinho branco)
Sal e pimenta qb
Meio molho de coentros
2 colheres de sopa (rasas) de manteiga
40 gr de queijo ralado (da Ilha ou Parmesão)

Preparação:
Comece por cozer o polvo só com água, sem sal, até estar tenro. Reserve o caldo e separe os tentáculos do polvo.
Descasque os camarões e coza as cabeças em água sem sal por 30 minutos para fazer um caldo. Junte este caldo ao do polvo e reserve.
Num tacho deite o azeite e a cebola picada finamente. Deixe refogar até a cebola estar transparente, mas sem ganhar cor. Junte o arroz e deixe fritar um pouco (cerca de 2 minutos). Neste momento acrescente o vinho e mexa bem o arroz. Quando todo o vinho tiver sido absorvido pelo arroz, comece a juntar o caldo (a mistura de caldo de polvo e do camarão). Como o caldo do polvo é salgado (sal natural do próprio alimento, nunca adicione sal à cozedura do polvo), talvez não seja necessário acrescentar sal nenhum, mas prove e retifique se necessário.
Entretanto salteie os camarões com azeite e alho durante cerca de 4 minutos numa frigideira anti-aderente. Reserve.
Voltando ao risotto, vá sempre juntando caldo quente e mexendo sempre durante 15 a 18 minutos até o arroz estar muito cremoso, mas com o bago a sentir-se. Nunca junte grandes quantidades de líquido, vá juntando lentamente. No fim junte os camarões previamente salteados ao arroz e misture. Quando o arroz estiver cozido, apague o lume, junte a manteiga, mexa e junte o queijo ralado, mexa novamente. Polvilhe com coentros frescos picados e sirva com os tentáculos do polvo.

Bom apetite! Comam bem e de forma saudável!



2 comentários:

  1. Que aspecto delicioso tem este teu risotto Susana, fiquei a babar

    beijinho e bom resto de fim de semana!

    ResponderExcluir
  2. Camarão e polvo são duas coisas que adoro de paixão! Que risotto magnífico :D

    ResponderExcluir