quarta-feira, 27 de abril de 2016

Tiramisú D. Elvira




Gosto de tudo o que é prato italiano. Gosto de tudo o que leva queijo. Qualquer queijo (e façam o favor de ler isto com ar de loucos, que é o mesmo ar que eu ponho quando como queijo!!). Ora, pois claro que gosto de tiramisú! Ainda por cima não é uma sobremesa demasiado doce, serve-se fresca e tem o aroma do café, que eu também aprecio bastante, tem tudo para ser "a minha cara".
Esta receita, conta-se, teve a sua origem na região italiana da Toscana, algures entre Florença e Siena, duas cidades maravilhosas, diga-se na verdade. Chamar-se-ia "Sopa do Duque" (Zuppa del Duca) e terá sido criada para homenagear o Granduque de Florença, da poderosa família Médici, que "reinou" na Toscana entre os séculos XIV e XVIII. Com o tempo, a receita saiu fora dos limites de Florença e "viajou" um pouco por toda a Itália. Posteriormente, por todo o mundo... Algumas cidades disputam a paternidade da iguaria e parece que Siena é uma delas. Esta localidade pode não ser tão conhecida, não é uma cidade tão grande como Florença, mas vale mesmo a pena a visita. Deixo-vos uma foto da magnífica praça em forma de "leque aberto" para que se inspirem e, quem sabe, fiquem com vontade de conhecer Siena. É nesta praça que acontece, desde o século XVII, O Palio, uma corrida de cavalos que ainda hoje é atração turística.
Com tanta conversa, eu já ia para Itália... mas vou voltar à receita. Na sua versão original é confecionada com vinho Marsala, um vinho doce italiano. Não sei porque é que tantas receitas que se veem por cá usam rum, que nada tem a ver com vinho doce, mas é uma opção, muito diferente, mas uma opção. Eu utilizei um vinho licoroso da minha região, o D. Elvira, da Adega de Arruda. Ficou delicioso e o vinho deu nome à receita que, assim, fica batizada "à portuguesa". Já experimentei várias receitas de tiramisú e esta é a que mais me agrada, sem dúvida. Espero que gostem, é a minha sugestão de sobremesa para o dia da Mãe :)


Ingredientes para 6 porções:
3 ovos
250 gr de queijo mascarpone
90 gr de açúcar
150 gr de savoiardi ou palitos la reine
2 cafés expresso
2 cálices de vinho licoroso D. Elvira
Café, chocolate ou frutos secos para decorar

Preparação: Bata as gemas com metade do açúcar. De preferência faça-o com a batedeira elétrica para a mistura ficar mais fofa e arejada. Numa outra tigela, com uma colher, bata o mascarpone com meio café expresso e meio cálice de vinho licoroso, misture tudo bem. Quando o queijo mascarpone estiver sem grumos e bem batido, junte-o ao preparado de ovos. Misture tudo bem. À parte bata as claras em castelo bem firme. Quando já estiverem firmes, junte o restante açúcar e continue a bater até obter um merengue espesso. Depois, delicadamente, envolva as claras no preparado de queijo e ovos. O creme está pronto.
Num prato fundo deite o restante café e vinho licoroso. Molhe os biscoitos nesta mistura e esprema-os cuidadosamente para não ficarem encharcados e não largarem líquido para o creme. Num recipiente grande ou em taças individuais vá deitando creme de mascarpone e biscoitos, intercalando até finalizar com uma camada de creme. Polvilhe com café, chocolate em pó ou em raspas e amêndoas laminadas a gosto (eu usei as três coisas). Leve ao frigorífico pelo menos durante 4 horas antes de servir.

Notas:

# Mascarpone é um queijo italiano, da região da Lombardia, elaborado apenas com as natas do leite, pelo que é bastante gordo e muito cremoso. Já experimentei substituir este produto por queijo creme magro, o tiramisú fica razoável, mas mais líquido, pois o queijo creme light não tem tanta cremosidade.

# Savoiardi são biscoitos italianos fofos e achatados, idênticos aos palitos la reine. 

# Confeção: algumas receitas italianas indicam que os ovos devem ser batidos com o açúcar em banho-maria, fazendo uma espécie de zabaione ou sabaione, uma receita também italiana (podem ver AQUI), mas eu prefiro fazer em cru, pois acho que fica mais cremoso e mais espesso. Por esse facto, é aconselhável que usem ovos muito frescos.




6 comentários:

  1. Uma excelente versão de tiramisú! Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Adoro adoro adoro!!
    Beijinho
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Temos os mesmos gostos! Tb gosto de tudo o que é italiano e esse tiramisu está magnífico.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Aqui em casa, essa é uma sobremesa bastante apreciada!
    Gostei da história da sua origem, não conhecia :)
    A apresentação ficou linda Susana.
    Beijinhos
    www.petiscana.com

    ResponderExcluir
  5. Eu também adoro tiramisu, e o teu está com óptimo aspecto!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Nunca tive grande sorte com os tiramisus que provei, mas acho que essa versão aportuguesada não iria passar despercebida :D

    ResponderExcluir