quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Panna Cotta com coulis de romã



Adoro romãs! Além de ser um fruto lindíssimo e saudável, pois tem muitas propriedades antioxidantes, é muito saboroso. Tem doçura e alguma acidez, ao mesmo tempo, e também tem uma certa adstringência, o que deixa um travo agradável na boca. Pelo menos para quem gosta, claro. Tem sumo e textura, tem frescura... para mim é um fruto delicioso. No Dia de Reis a minha mãe abre sempre uma romã e faz uns pequenos cartuxinhos com alguns bagos. Guarda um embrulhinho para ela e faz outros para nós, para pormos na carteira, para termos dinheiro todo o ano. É uma tradição que ela mantém desde que sou pequena. Depois de fazer os embrulhinhos, dava-me sempre o resto da romã para eu comer e ainda hoje o faz. Eu gosto de comer aqueles pequenos bagos à dentada, à colher, quando me dou ao trabalho de descascar o fruto, ou em sumo.
Desta fiz resolvi fazer um coulis do sumo e juntar este molho vermelho e espesso a uma panna cotta simples, apenas aromatizada com baunilha. Ficou bonito e bom. Vermelho e branco, que é uma combinação de cores que me agrada e que dá alegria à mesa da refeição. Fiz a sobremesa para um jantar em que a nossa sobrinha nos fez companhia, ela adorou! Espero que vocês também gostem.

Ingredientes
400 ml de nata (já fiz com metade de nata de soja e resultou)
250 ml de leite
70 gr de açúcar
1 vagem de baunilha
5 folhas de gelatina incolor
4 romãs
3 colheres de sopa de açúcar

Preparação
Demolhe as folhas de gelatina numa parte do leite (cerca de 50 ml). Coloque o leite à temperatura ambiente num prato de sopa ou numa tigela e adicione as folhas de gelatina que ficam a hidratar e amolecer enquanto fazemos o preparado ao lume (5 a 10 minutos).
Num tacho misture o restante leite com a nata e os 70 gr de açúcar. Junte o interior da vagem de baunilha (as sementes). Misture tudo e leve ao lume até ferver. Assim que ferver, desligue o lume e junte a este preparado as folhas de gelatina amolecidas e o leite onde estas repousaram. Vá mexendo bem para que a gelatina derreta totalmente.
Unte uma forma pequena de pudim com óleo vegetal. Verta o preparado para a forma e leve ao frigorífico até solidificar (4 horas no mínimo).
Esprema (num espremedor de citrinos comum) o sumo de 3 romãs. Junte 3 colheres de sopa de açúcar e leve a lume brando num pequeno tacho até o líquido reduzir para metade e obter um coulis espesso.
Depois de desenformar a panna cotta num prato, deite o molho por cima, bem como os bagos frescos da outra romã.

Bom apetite! Comam bem e de forma saudável!

3 comentários:

  1. Acho a romã um fruto maravilhoso e esses bagos fazem as sobremesa ficarem lindas! Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Não resisto a Panna-Cotta! Adoro, é das minhas sobremesas favoritas! E a romá é um fruto tão lindo e delicioso, que a combinação só pode ser maravilhosa!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia essa tradição da romã :D Que engraçada :)
    A sobremesa ficou mesmo apetitosa :)

    ResponderExcluir