sábado, 13 de junho de 2015

Bacalhau açoriano à minha moda (com pimenta da terra)




Chamei "Bacalhau Açoriano" a este prato porque fiz a tomatada ligeiramente picante com a pimenta de terra que trouxe recentemente dos Açores. Além disso, acompanhei com batata doce, também muito utilizada no arquipélago. Apesar de não ter comido este prato quando estive de férias em São Miguel, tive a ideia de confecionar o bacalhau assim. Só posteriormente vi, em pesquisas na internet, que existe uma receita de bacalhau frito à açoriana muito parecida com esta. Fiquei orgulhosa de ter "inventado" um prato que afinal já estava inventado, mas que comprova que mais alguém acha esta conjugação de sabores muito boa!
Quando estive de férias nos Açores adorei a gastronomia. Comida bem condimentada, muito saborosa e diversificada. Gostei muito desta pimenta da terra, que os açorianos adicionam em vários pratos, tanto de carne, como de peixe. Provei várias receitas tradicionais, como os chicharros fritos recheados, a alcatra e mariscos como as lapas, cracas ou cavacos. Foram umas férias gastronómicas magníficas!

Ingredientes para 4 pessoas:
4 lombos de bacalhau pronto a cozinhar Riberalves
1 cebola
6 a 8 tomates de cacho bem maduros (cerca de 700 gr de tomate)
1 dl de azeite
4 dentes de alho
2 colheres de sopa de pasta de pimenta da terra (usei pasta de pimenta da terra cozida, na ausência deste produto, utilize picante a seu gosto) 
1 raminho de salsa fresca 
1 ovo, farinha e pão ralado qb para panar o bacalhau
Meio limão (sumo)
Uma colher de chá de vinagre de vinho
Batata doce e alface para acompanhar
Preparação:
Deixe os lombos de bacalhau Riberalves a descongelar no frigorífico de um dia para o outro. No momento de cozinhar, seque-os bem com um pano. Tempere ligeiramente com gotas de limão (poucas). Aqueça óleo ou azeite numa frigideira (cerca de 160º - 170º). Passe os lombos de bacalhau por farinha, ovo batido e, por fim, pelo pão ralado. Coloque os lombos a fritar e vire-os de todos os lados para que cozinhem e fiquem dourados uniformemente. No total este processo deve demorar cerca de 5 minutos, é o suficiente para o bacalhau ficar dourado e cozinhado por dentro sem que fique demasiado seco.
Faça a tomatada picante. Numa frigideira funda ou tacho deite o azeite, os alhos laminados e a cebola picada finamente. Deixe começar a cebola e alhos a "estalar" e reduza ligeiramente o lume para que não se queime. Deixe alourar cerca de 2 minutos e depois junte os tomates pelados e desfeitos. Tempere de sal. Junte a pasta de pimenta da terra. Eu juntei 2 colheres de sopa, mas fui adicionando esta quantidade lentamente e provando para o molho não ficar demasiado picante. Deixe apurar bastante bem esta tomatada. No fim junte uma pequena colher de vinagre para refrescar e dar acidez.
Corte a batata doce em rodelas grossas, frite-as e depois tempere com sal fino. Também pode servir com batata ou inhame cozido (penso que nos Açores é assim que servem este bacalhau frito, pois têm inhame e confecionam este acompanhamento com muita frequência).
Sirva o bacalhau panado com bastante molho de tomatada, juntamente com a batata doce e a salada de alface. Refresque tudo com salsa fresca picada.

Bom apetite! comam bem e de forma saudável!






5 comentários:

  1. E que bom aspecto tem este Bacalhau Açoriano! A batata doce fica tão linda, frita com a casca...
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Apesar de não consumir peixe, estas fotos estão lindas. Uma composição lindíssima, cor ... enfim, que belo!
    Beijinho!

    ResponderExcluir
  3. Que engraçado que tenhas voltado a descobrir a receita! É mesmo a confirmação da sua grandiosidade... Deve ser mesmo boa :)

    ResponderExcluir
  4. É muito boa de facto!!! Aliás, alguém se lembra de um prato de bacalhau que não seja bom?

    ResponderExcluir