sexta-feira, 20 de março de 2015

Bolo Primavera de Ananás e Morangos



Este foi o bolo de aniversário da minha mãe, que fez anos no início do mês. É um bolo simples, do estilo pão de ló fofinho, como ela gosta. Há uns anos usava-se muito este tipo de bolo e chamavam-lhe "Delícia de Ananás". Eu nunca deixei de o fazer, pois acho que é um clássico que agrada sempre. Podemos substituir o ananás por morangos ou juntar ambos, que foi o que fiz neste caso.
Além do mais, acho que este é um bolo que chama a primavera, que hoje começa! O ananás e os morangos, tudo fresquinho no meio das natas batidas. Muito bom! Espero que a Primavera venha mesmo atrás do meu bolo, pode ser que queira uma fatia... E, se quiser, eu dou-lhe de boa vontade. Eu faço tudo para que o bom tempo chegue depressa e venha para ficar :)

Ingredientes
6 ovos inteiros
250 gr de açúcar branco
125 gr de farinha fina para bolos
1 colher de chá de fermento em pó
Raspa de 1 limão (ou laranja)
1 colher de café de extrato de baunilha
300 ml de natas ou natas de soja (foi o que utilizei)
2 colheres de sopa de açúcar
1 lata (pequena) de ananás em calda
Morangos frescos a gosto
Amêndoa palitada a gosto

Preparação:
Pré aqueça o forno a 190ºC.
Com a batedeira elétrica, bata os ovos inteiros com o açúcar, a raspa da casca de limão (só a parte amarela) e o extrato de baunilha durante 12 minutos ou até crescerem bastante de volume e conseguirmos um preparado tipo mousse, arejado e ligeiramente espumoso. Junte a farinha peneirada, envolvendo com uma colher de pau, mas sem bater muito.
Deite o preparado numa forma untada de margarina e polvilhada de farinha. Leve ao forno pré aquecido a 190ºC durante 25 minutos ou até o bolo estar cozido (faça o teste do palito).
Quando estiver cozido retire do forno, deixe arrefecer ligeiramente e desenforme. Enquanto o bolo arrefece, bata as natas. Quando começarem a ficar montadas, junte duas colheres de sopa de açúcar e continue a bater até estarem bem firmes.
Quando o bolo estiver completamente frio, abra-o ao meio. Regue a parte de baixo com a calda do ananás. Por cima deite um pouco de natas e o ananás em calda cortado em pedaços. Coloque a parte de cima do bolo. Barre todo o bolo com mais chantilly e decore com os morangos e a amêndoa palitada previamente torrada.
Sirva fresco, se gostar. Eu gosto de o levar um pouco ao frigorífico.

Bom apetite e seja bem vinda a primavera!







14 comentários:

  1. Ficou tão lindo! O interior não engana, uma tentação :)
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Marta, está muito fofinho por dentro. Beijinhos :)
      Susana

      Excluir
  2. Olá!
    Que lindo ficou o teu bolinho, a conjugação de morango e ananás é mesmo deliciosa, e sem dúvida nenhuma encaixa na perfeição no clima primaveril que já se faz sentir :)
    Beijinhos e bom fim-de-semana.
    http://petiscana.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora esperemos que a Primavera venha mesmo, Ana :)
      Beijinho
      Susana

      Excluir
  3. Ficou muito lindo!! Deve ser deliciosamente fresco!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito fresquinho sim, e simples de fazer.
      Beijinhos
      Susana

      Excluir
  4. Como dizer que não a um bolo assim ??
    Lindíssimo e, além de encher a vista, só pode ser delicioso pelos ingredientes que levou !
    Acredito que a Mãe tenha adorado, eu cá adorei !

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Que lindo! Mais uma bela receita... Vou passar a seguir este blogue muitooooo regularmente :P

    http://deaprendizachef.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Também já estou a seguir o teu ;)
      Susana

      Excluir
  6. Olá...
    hoje experimentei esta receita, mas alguma coisa correu mal...
    bati os 12 minutos na posição mais leve da minha batedeira e perecia estar no ponto para juntar a farinha...
    coloquei no forno e tudo parecia bem. No entanto, por volta dos 20 minutos o bolo baixou...
    o que poderá ter acontecido?
    beijinhos.
    Irene

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Irene :)
      Eu não bato na posição de velocidade mais baixa, bato no médio/alto. Ou seja, bato quase como se fosse para as claras em castelo para que a massa ganhe muito ar. No fim o objetivo é ficar com um preparado esbranquiçado, tipo mousse, muito fofo e com o dobro ou triplo do volume inicial. O outro truque é que a farinha deve ser fina, própria para bolos, com fermento, ser peneirada e ser envolvida levemente e não batida (para a massa não perder o ar, a massa ter que ficar muito arejada para não baixar). Depois a massa deve ir ao forno e não se deve abrir a porta até ao tempo recomendado. Espero ter ajudado :)
      Beijinho. Susana

      Excluir
  7. Olá Susana...
    obrigada pela rápida resposta...
    vou experimentar novamente e seguir as suas dicas, depois digo como correu...
    beijinhos.
    Irene

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Força, experimente e depois diga-me :)
      Não se esqueça: ovos muito bem batidos com o açúcar até obter uma mistura tipo mousse, duplica ou triplica o volume, ficando uma massa muito arejada. É isso que faz o bolo fofinho e depois respeitar a temperatura e não abrir a porta do forno. Coloque o bolo a meio do forno. Beijinho, bons cozinhados
      Susana

      Excluir