quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Leite creme baunilhado



Cá por casa adoramos leite creme e todo o tipo de "doces amarelos", como diz o meu marido. Ele é doido por leite creme e por crema catalana, a versão catalã do doce, que se come com grande qualidade em muitos restaurantes de Barcelona e na Catalunha em geral. A crema catalana fica numa textura um pouco mais espessa do que o "nosso" leite creme e foi assim que fiz desta vez. Mas há muitas receitas de leite creme boas e aromatizadas com vários sabores, sendo que eu gosto muito de usar casca de limão em doces deste género. Canela, especiarias, como cardamomo ou noz moscada e ervas, como erva príncipe, por exemplo, são outras hipóteses. Tirei estas ideias e inspirações do livro da "Taberna 2780" e fiz o leite creme quase como eles sugerem. No fundo esta é uma receita que resulta de várias que tenho lido.
Optei, desta vez, por utilizar apenas a baunilha para dar aroma. Não queimei o leite creme para finalizar, usei o açúcar caramelizado de outra forma que me pareceu deliciosa e bonita. Também usei um pouco de canela para polvilhar. Foi a nossa sobremesa no Dia dos Namorados :)

Ingredientes:
Meio litro de leite meio gordo
8 gemas
8 colheres de sopa de açúcar (cerca de 175 gr)
2 colheres de sopa de farinha de trigo (tal como as de açúcar, nem rasas, nem muito cheias, simplesmente 2 colheres de sopa...)
1 colher de sopa de manteiga com sal
1 vagem de baunilha
100 gr de açúcar, amêndoas e água qb para o crocante de caramelo

Preparação:
Começar por ferver o leite com as sementes de uma vagem de baunilha e a respetiva vagem. Deixar ficar em infusão até estar morno. De seguida, bater bem as gemas com o açúcar e a farinha. A este preparado juntar o leite morno em fio. Misturar tudo bem e levar ao lume mexendo sempre até a mistura engrossar. Atenção à temperatua que não deve estar demasiado elevada (cerca de 80ºC), nada de fervuras fortes para não ficarmos com ovos mexidos doces em vez de leite creme. quando estiver na consistência desejada apague o lume e junte a manteiga, envolvendo bem. Disponha em taças e deixe arrefecer para solidificar. Leve um pouco ao frio se gostar.

Para decorar: polvilhar com canela, queimar com açúcar ou adicionar o crocante de caramelo e amêndoas.
Para o crocante: coloquei 100 gr de açúcar e duas colheres de sopa de água num tacho a ferver. Assim que atingiu o ponto de caramelo, juntei as amêndas inteiras. Deitei tudo sobre papel vegetal e deixei arrefecer. Depois de frio esmaguei a barra caramelizada em pedaços e polvilhei o leite creme com este crocante de amêndoas.

Para as decorações de caramelo: leve o açúcar a ferver com a água e, quando tiver atingido o ponto de caramelo, faça desenhos dispondo algum caramelo em cima de papel vegetal. Faça-os com a ajuda de um garfo ou do bico de uma faca. Basta traçar a forma pretendida com o caramelo enquanto está quente. Passados poucos momentos o caramelo arrefece, solidifica e torna-se fácil retirar as decorações do papel vegetal e utilizá-las como pretender.






5 comentários:

  1. Pois é! Adoro este doce em qualquer uma das suas versões: leite creme, crema catalana, creme brulée...
    Beijinho e bom fim de semana.
    Susana

    ResponderExcluir
  2. É extraordinário!!!! De facto, adoro doces amarelos, e este é um dos meus favoritos!!!

    ResponderExcluir
  3. Foi a sobremesa do Dia dos Namorados, ainda bem que o meu amor gostou :)

    ResponderExcluir