sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Barriga de porco assada com quiabos e chutney de maçã e especiarias


A barriga de porco não é nada mais do que a típica entremeada, mas cortada num naco grande ou em fatias largas. Eu gosto mesmo muito de entremeada. Mesmo nos churrasco, prefiro a entremeada a febras ou mesmo a outras carnes, como secretos. Adoro entremeada (não ssei se já tinha dito). Também gosto de couratos, sou assim mesmo: gulosa!!!
Esta receita leva 4 horas a fazer, mas vale a pena. Aproveitem o tempo frio para ligar o forno, aquecer a cozinha e, de seguida, aquecer a alma com este prato absolutamente delicioso.

Ingredientes para 4 pessoas:
1 kg de barriga de porco com o courato (se tiver um pouco de osso na parte de baixo ainda é mais saborosa)
500 gr de quiabos frescos
Chutney de maçã reineta qb
12 batatinhas para assar
Sal e pimenta qb
2 colheres de sobremesa de ervas de Provença
3 dentes de alho
1 dl de azeite
1 raminho de alecrim e outro de tomilho

Preparação:
Deixe os quiabos em água com vinagre cerca de 30 minutos para perderem um pouco a baba.
Misture o azeite, sal, pimenta, ervas de Provença e os alhos esmagados e faça uma pasta. Tempere a carne das fatias largas de barriga de porco com esta pasta. Na parte do courato deite apenas umas pedras de sal e pincele com azeite para que a pele fique crocante e estaladiça. Coloque tudo num tabuleiro juntamente com o alecrim e tomilho para aromatizar. Leve ao forno a 160ºC por 4 horas (só assim vai conseguir a pele estaladiça - não tape com folha de alumínio e coloque a meio do tabuleiro, nem muito acima nem muito na parte de baixo do forno).
Nos últimos 40 minutos junte as batatas com casca, temperadas de sal, para assarem. Nos últimos 15 minutos junte os quiabos, depois de secos com papel absorvente, temperados com um fio de azeite e sal. Sirva tudo acompanhado do chutney que combina na perfeição com a carne de porco.

Para o chutney:
0,5 kg de maçã reineta de Alcobaça
1 cebola pequena (cerca de 100 gr)
125 gr de açúcar branco
2 colheres de sopa rasas de açúcar moreno macio 
1,25 dl de vinagre de cidra
1 pitada de gengibre em pó
1 pau de canela
1 pitada de canela em pó
3 grãos de sementes de mostarda preta
1 cravinho
Meia colher de café de noz moscada em pó
6 grãos de mistura de pimentas (rosa, branca e preta)
1 colher de sobremesa de água

Preparação:
Num tacho coloque a cebola picada, a água e o açúcar moreno e leve ao lume médio até a cebola começar a caramelizar (cerca de 10 minutos). Descasque as maçãs e corte-as em cubinhos pequenos, colocando-as logo numa tigela com o vinagre. Assim que tiver todas as maçãs descascadas e cortadas, adicione-as ao tacho da cebola juntamente com o vinagre. Junte o açúcar branco e o pau de canela. Junte todas as outras especiarias num almofariz e moa tudo até ficar em pó. Junte ao tacho. Mexa a mistura com uma colher de pau e deixe cozinhar em lume médio por 40 minutos até o chutney atingir ponto de estrada (tal como nas compotas).
Notas: usei uma mistura de açúcar moreno e açúcar branco para que o chutney não ficasse demasiado escuro. As quantidades das especiarias devem ser respeitadas pois, como são muito fortes, não se deve abusar para não se perder o sabor da maçã.






Nenhum comentário:

Postar um comentário