sábado, 15 de novembro de 2014

Canellonis de carne


Como gosto muito de massas, faço muitas vezes variações diversas de todo o tipo de pastas, inclusivé pasta fresca feita por mim. Carnes, bacalhau, atum, legumes, tudo tem lugar nas minhas massas. Desta vez tinha cá uns gulosos a jantar que andavam com muito desejo de canellonis. Canellonis de carne, tradicionais e suculentos. Deitei as mãos aos canellonis, mas não fiz a pasta fresca porque foi durante a semana, estava com o tempo contado e tinha que fazer uma quantidade grande (por isso indico as quantidades para 6 pessoas). Quando se tem pouco tempo a forma mais rápida de fazer canellonis é com placas de massa fresca de compra. Se usarem os tradicionais tubos de massa seca (que também são bons) têm que lhes dar uma fervura prévia e a massa fresca dispensa esse procedimento. Basta fazer o recheio de carne e colocá-lo dentro das placas, enrolando-as depois até formar os tubos recheados. Eu apresento a minha receita, com molho bechamel, que é como gosto mais e como me habituei a comer em criança os canellonis feitos pela minha mãe. Espero que gostem. O pessoal aqui em casa comeu até cair...

Ingredientes para 6 pessoas:
1 kg de carne de novilho picada
2 embalagens de 250 gr de placas de massa fresca para lasanha (500 gr no total)
2 cebolas
3 dentes de alho
1 folha de louro
5 tomates maduros
0,5 dl de azeite
Sal, pimenta e ervas de Provença a gosto
1 colher de sopa de salsa fresca picada
1 colher de chá de colorau doce
2 colheres de chá de oregãos secos
2 mozzarellas frescas
2 colheres de sopa de queijo da ilha ralado
Para o  molho bechamel: 5 colheres de sopa de farinha, 5 colheres de sopa de margarina líquida ou manteiga, meio litro de leite (usei magro), sal, pimenta e noz moscada qb, 1 pacote de natas (podem ser de soja).

Preparação:
Num tacho deite o azeite, a cebola e os alhos picados. Deixe refogar ligeiramente e depois junte a carne picada, o louro, a salsa fresca picada, as ervas de Provença e o colorau. Tempere de sal e pimenta e junte também os tomates maduros em pedaços pequenos. Misture tudo bem e deixe a carne cozinhar. Vá mexendo de vez em quando e deixe o lume baixo/médio para que a carne não pegue. Quando estiver totalmente cozinhada, deixe arrefecer e depois passe tudo novamente pela picadora. Reserve. Eu gosto de fazer assim, a carne é picada quando está crua e volta a ser picada depois de cozinhada. Isto faz com que o recheio fique muito mais cremoso e o sucesso do prato é garantido.
Entretanto prepare o molho fervendo a margarina num tacho (uso Becel ou vaqueiro Líquida, mas normalmente faz-se com manteiga). Quando estiver a ferver deite a farinha de uma vez e misture bem até formar uma massa. A partir deste momento basta ir juntando o leite aos poucos e mexendo para este se incorporar na massa. Quando a mistura começar deslaçar, junte os temperos e prove para retificar o sabor. Continue a mexer sempre em lume médio e junte leite até obter a textura de molho pretendida. Pode servir assim ou juntar natas. Neste caso juntei 1 pacote de 200 ml de nata porque achei o molho insuficiente e, desta forma, acrescentei a quantidade.
Com tudo pronto, chega a hora de enrolar os canellonis. Disponha cada placa de pasta fresca na bancada da cozinha ou em cima de uma tábua e coloque uma colher generosa de recheio em cada placa. Enrole cuidadosamente e vá dispondo os canellonis num tabuleiro de forno. Quando estiverem todos prontos, deite por cima a mozzarella desfeita (ver foto) e o queijo da ilha. Polvilhe com oregãos secos e, por fim, regue com o molho bechamel. Leve ao forno a 230ºC durante cerca de 30 minutos ou até estar gratinado. Sirva com uma salada verde.
Notas: A quantidade de molho bechamel deve ser abundante e cobrir toda a massa porque depois de ir ao forno vai secar um pouco e ficar envolvido nas massas e no recheio. Se o molho for pouco o prato fica muito seco. Se usarem as placas para lasanha, como eu fiz, podem cortar cada uma ao meio ou escolher a melhor forma de enrolar os canellonis conforme o tamanho que lhes queiram dar. Esta quantidade não coube num tabuleiro apenas, usei um grande e outro médio para dispor todos os canellonis.

Bom apetite! Comam bem e de forma saudável!



Nenhum comentário:

Postar um comentário