quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Crepes de atum e sultanas com sementes de chia



Servi estes crepes como entrada num jantar com o nosso sobrinho. Ele adorou os crepes! Como vai ficar uns mesitos sem as paparocas da tia, tenho que lhe dar muito mimo para ele levar acumulado para onde vai ;)
A mistura dos ingredientes foi fruto da minha imaginação e palato. Costumo ter sempre em casa massa philo para "o que der e vier", principalmente para fazer entradas saborosas e muito rápidas, dado que esta massa precisa de poucos minutos no forno para ficar crocante. Se quiserem podem servir os crepes como prato principal, é uma questão de lhes juntarem um acompanhamento, como arroz selvagem ou uma salada mista.

Ingredientes para 12 crepes:
3 latas de atum 
3 colheres de sopa de sultanas douradas
3 cenouras
150 gr de espinafres
0,5 dl de azeite
1 embalagem de massa philo
2 colheres de sopa de sementes de chia
Azeite e mel qb para pincelar os crepes
2 gemas de ovo
Sal e pimenta qb

Preparação:
Descasque as cenouras e pique-as na picadora ou rale finamente. Leve o azeite ao lume num tacho e adicione as cenouras raladas. Deixe refogar um pouco. Junte o atum das três latas depois de desfeito com um garfo. Misture bem. Adicione os espinafres (folhas ou folhas e caules cortados em pedaços). Tempere com sal e pimenta, vá mexendo e deixe cozinhar um pouco até os espinafres "murcharem". Junte as sultanas. Por fim, já com o lume desligado mas ainda quente, junte as gemas de ovo para ligar tudo bem. Misture de forma a que todos os ingredientes fiquem bem envolvidos. Deixe arrefecer o recheio.
Disponha duas folhas de massa philo uma por cima da outra e corte pedaços com cerca de 15 cm x 5 cm. Coloque em cada folha uma colherada do preparado de atum e enrole as folhas de massa philo como se fosse um crepe (tipo "crepe chinês")
Leve ao forno a 200º por 10 minutos ou até ver que a massa está dourada e estaladiça sem queimar. Depois de retirar do forno, com os crepes ainda quentes, pincele-os com uma mistura de um pouco de azeite e mel e, logo de seguida, espalhe por cima as sementes de chia.

A introdução das sementes na alimentação humana é algo secular que talvez se tenha perdido nas últimas décadas, mas que agora se recupera com largos benefícios para a nutrição e saúde. As sementes de chia  são ricas em fibras, cálcio, magnésio,potássio e ómega 3. Saiba mais sobre este alimento AQUI.

Bom apetite! Comam bem e de forma saudável!


2 comentários: