sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

A Sericaia da minha amiga Ana


A Ana já andava a tentar fazer a Sericaia há umas semanas. Disse que as primeiras experiências não correram muito bem... não sei se acredito ou se foi desculpa para ficar com as primeiras só para ela ;)
Ao fim de várias tentativas de aperfeiçoamento, lá apareceu com a Sericaia cá em casa num jantar de amigos em que todos cozinharam algo delicioso. Não sei como estavam as primeiras Sericaias, mas esta não estava boa... estava DELICIOSA!!
Eu tinha um frasco de ameixas de Elvas em calda que, por acaso, comprei mesmo em Elvas e que estavam a aguardar o momento em que eu fizesse a Sericaia. Acabaram por ser usadas na Sericaia da Ana e que bem empregues foram! Tradicionalmente este doce leva a ameixa em calda, o que lhe dá mais doçura, mas sem a ameixa também fica muito bom, menos doce e mais leve. Neste caso até preferi comer sem a ameixa, pois o doce estava tão bom e apaladado que não precisava de mais nada.
Fiquem com a receita da forma como a minha amiga a fez e fiquem também com água na boca porque, sinceramente, acho que nunca comi uma Sericaia tão boa! Obrigada Ana Miguel :)

Ingredientes:
6 ovos
250 gr de açúcar
90 gr de farinha
meio litro de leite
1 pau de canela + raspa de meia laranja
Canela qb para polvilhar
Ameixa de Elvas em calda (opcional)

Preparação:
Coloque o leite ao lume com o pau de canela e a raspa de casca de laranja e deixe aquecer sem ferver. Misture as 6 gemas com o açúcar. Leve ao lume num tacho e vá mexendo. Vá juntando a farinha sem nunca deixar de mexer. Depois, pouco a pouco, vá juntando o leite quente e continue a mexer. O leite vai entrando aos poucos e, quando estiver todo incorporado e sinta que o preparado está a pegar ao tacho, retire do lume. Continue a mexer até arrefecer muito ligeiramente e, neste momento, junte as claras batidas em castelo.
Coloque o preparado num prato de barro fundo (ou pirex, se não tiver o prato de barro). Polvilhe toda a superfície com canela e leve ao forno pré aquecido (10 minutos antes) a 200º no tempo máximo de 30 minutos. Vá espreitando, mas não abra o forno pelo menos nos primeiros 15 minutos de cozedura. Quando o doce começar a abrir fendas, significa que está pronto.
Retire do forno, deixe arrefecer e sirva às colheradas com uma ameixa em calda por cima, se gostar, ou simplesmente assim. Delicie-se, é maravilhoso!

Bom apetite!


Nenhum comentário:

Postar um comentário