sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Pernas de frango recheadas com morcela acompanhadas de batata doce, ananás e grelos

Costumo acompanhar o programa Chef's Academy da RTP. Gosto de ver a prestação dos alunos e dos professores e de aprender as dicas e técnicas que ensinam. Gosto, em particular, das aulas do professor Kiko porque ele explica tudo realmente muito bem. Há cerca de duas semanas ensinou a desmanchar frango e a desossar as pernas. Boa ideia, pensei! E, se assim pensei, melhor o fiz :)


Pernas de frango recheadas com morcela

- 4 pernas de frango desossadas (Tenha as pernas inteiras, ou seja, perna e coxa. Vá deslizando uma faca pequena e bem afiada ao longo do osso e em seu redor. Cuidadosamente gire a faca sempre em redor do primeiro osso de forma a separá-lo da carne. Dobre na cartilagem/articulação para ajudar a perceber até onde vai este primeiro osso. Depois de retirar este, repita o processo para o segundo osso). Da próxima vez que fizer este procedimento, prometo acompanhar o post de fotos explicativas. Se tiverem dúvidas, podem ver o vídeo do programa Chef's Academy AQUI.

- 1 morcela
- 1 chávena de arroz bem cozido
- 2 rodelas de ananás
- 2 batatas doces
- 1 molho de grelos
- azeite, alho, sal qb, flor de sal com tomilho

Depois de desossar as pernas, reservei-as barradas com um fio de azeite e temperadas de flor de sal com tomilho. Cozi o arroz e a morcela e misturei metade do enchido com o arroz cozido. Este preparado serviu para rechear as pernas do frango que fechei com 4 palitos em cada uma. A outra metade da morcela foi cortada em rodelas e tostada numa frigideira juntamente com o ananás em pedacinhos, de forma a ficar tudo tostado e caramelizado.
Enquanto assei as pernas já recheadas no forno (30 minutos a 200ºC), também assei as batatas doces que depois servi em esmagada. Depois de assadas até ficarem macias, foram apenas esmagadas com um garfo e dispostas no prato. Também as podem fazer cozidas, mas eu acho que assadas ficam mais saborosas. Os grelos foram cozidos em água e sal e depois salteados em azeite e alho.
Empratei da seguinte forma: coloquei a esmagada de batata em forma redonda no prato, dispus a perna de frango cortada ao meio e um pouco do molho criado da assadura do frango. Por cima da esmagada de batata doce coloquei as rodelas de morcela que tinha reservado, bem como o ananás que caramelizei na frigideira. Os grelos completaram o prato.

Bom apetite! Comam bem e de forma saudável!

6 comentários:

  1. Hum, Que ótimo aspecto Susana. Devia estar delicioso.
    Aproveito para lançar mais uma questão: qual é o truque para assar as batatas doces e ficarem no ponto? É preciso cozer primeiro ou têm de ficar imenso tempo no forno?
    Confesso que já desisti de fazer batata doce precisamente por ficarem muito duras, nunca consigo acertar heheh.
    Beijinhos
    Susana Jorge

    ResponderExcluir
  2. Olá Susana :)
    Tenho que reconhecer que a batata doce no forno leva um bocadinho de tempo, é verdade. Eu coloquei primeiro a batata a assar e depois o frango. Mas não foi mais de uns 45 minutos, ou seja, mais 10 a 15 do que o frango. Tem a ver com várias coisas: o tamanho da batata e se vai cortada ou inteira. O truque está em dar sempre um corte a todo o comprimento nas batatas para que fiquem abertas e assem mais depressa. Se forem inteiras para o forno vai demorar uma eternidade... Não as coza antes, não vale a pena e só vão perder sabor e propriedades. Ou as faz cozidas (mais rápido) ou as faz assadas ;)
    Outra dica ainda para fazer a esmagada: corte as batatas em pedaços e leve a assar em folha de alumínio, completamente tapadas para não tostarem e ficarem uniformes porque se trata da esmagada. Como vão em pedaços pequenos, demora menos até estarem macias e depois é só retirar e esmagar com o garfo.
    Veja também aqui no blog o post "Lombinho de porco com batata doce": http://paparocadeliciosa.blogspot.pt/2013/11/lombinho-de-porco-com-batata-doce-e.html
    É outra forma de fazer as batatas, como vão em rodelas finas, é muito mais rápido, 15 a 20 minutos e estão tostadinhas. Neste caso não as tape, deixe o tabuleiro destapado para tostarem.
    A batata doce é um alimento muito interessante do ponto de vista nutricional e alguns nutricionistas até aconselham mais esta batata do que a branca, mais comum.
    Bom apetite!! Beijinhos!

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigada Susana.
    Este fim de semana já vou arriscar experimentar fazer batatas doces com um bom peixe assado no forno...Depois destas dicas é que vai correr bem.
    Eu confesso que não sou adepta de batatas normais, acho que não tem grande sabor, não tem muita piada, mas adoro batata doce. Só que como não tenho o dom da culinária, por vezes quando as coisas correm mal eu desisto (mas não desisto logo, ainda tento duas ou três vezes) hehee.
    beijinhos e bom fim de semana cheio de paparocas doces.
    Susana Jorge

    ResponderExcluir
  4. Se vai fazer com peixe, dou duas ideias: ou a batata bem lavada com pele e só cortada ao meio ou as batatas descascadas, cortadas em cubos e temperadas com sal e tomilho antes de irem ao forno com o peixe. Se as quiser estaladiças e crocantes coloque-as num tabuleiro à parte do peixe para não absorver o molho.
    Bons cozinhados e bom fim de semana :) E não desista!!!! Cozinhar é muito bom e nós somos o que comemos :D

    ResponderExcluir
  5. Hum que receita deliciosa e tão bonita de se ver, uma sugestão comum ar de ter feita por um profissional, está fantástica.

    Beijinhos

    ResponderExcluir