quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Coscorões e... Feliz ano novo!!

Passámos mais um ano entre amigos e passámos de um ano para o outro também entre amigos. Ao longo de 2013 foram tantas as vezes em que partilhámos conversas, desabafos e risadas sentados à mesa... Tantas horas na cozinha a criar, a imaginar e a confecionar com carinho e tantas horas de partilha de comidinhas maravilhosas e cavaqueira deliciosa entre pessoas especiais. Partilhar comidas e conversas, sentados em torno de um bom prato de comida e de um copo de descontração, é dos maiores prazeres da vida! São anos de vida ganhos!! Foi assim que terminámos o ano e foi assim que entrámos em 2014 :)
O marisco foi o prato principal da noite de passagem de ano e do dia de ano novo. Comemos camarões simplesmente cozidos, que estavam muito bons, e sapateiras recheadas. Como as sapateiras estavam bastante ovadas, vinham muito cheias. A essas ovas, bem como ao restante interior do animal (depois de retirados os pulmões e cascas), costumo acrescentar apenas pickles picados muito finamente, um pouco de maionese e uma colherinha de vinagre balsâmico. O recheio fica simples, sem grandes misturas e com o sabor predominante do marisco, que é como eu aprecio. A quantidade de pickles e maionese varia conforme o gosto de cada um. Quando o recheio está muito firme, para que fique mais cremoso, acrescento um pouco de água de cozedura das sapateiras ou de outro marisco. Os pickles e restantes ingredientes servem apenas para dar consistência, algum sabor, alguma acidez e textura ao recheio. Mas não gosto de exagerar para que o sabor do marisco possa sobressair.


A mesa de doces também foi muito recheada, com o Pudim da D. Rosa, mousse de chocolate da amiga Paula, que estava tão boa que nem deu tempo de fotografar.... tarte de pêra (pois claro!), tarte de amêndoa da Joana, entre outras coisas. E também fiz coscorões, que não tinham saído de feição no Natal e que agora repeti, com receita adequada e que resultou maravilhosamente. Estavam muito fininhos e estaladiços, com a massa bastante rica e saborosa.


Receita para uma travessa média de coscorões (esticar a massa fininha para render e dar esta quantidade)

Ingredientes
250 gr de farinha tipo 55 (sem fermento)
2 ovos inteiros
1 colheres de sopa de açúcar
Raspa de uma laranja + sumo de meia laranja
1 colher de sopa de banha
1 colher de sopa de bom azeite
1 colher de sopa de aguardente velha
Uma pitada de sal
Óleo para fritar
Açúcar e canela para polvilhar

Preparação
Colocar a farinha numa tigela grande ou alguidar e juntar todos os outros ingredientes. Amassar muitos bem com as mãos até obter uma massa bastante elástica. A massa deve ficar húmida, mas de forma a que se despegue das paredes do alguidar ou da bancada de pedra onde for amassada. Deixar repousar por 3 horas e depois estender com um rolo de forma a que a massa fique mesmo muito fininha. Para isto devemos polvilhar a bancada com farinha e estender aí, com a ajuda do rolo, a massa muito fina, quase transparente. Cortamos retângulos e fazemos dois golpes em cada um. Assim que feitos os retângulos, pomos a fritar de imediato. O óleo deve estar quente (não excessivamente para a massa não queimar). Os coscorões devem fritar até estarem louros, depois viram-se para fritar do outro lado. Retiram-se para um prato onde escorrem e polvilham-se com açúcar e canela ainda enquanto estão quentes.

Bom apetite e Feliz Ano Novo!


Um comentário: