terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Couscous de legumes com frango assado


Fazer couscous é das preparações mais fáceis e rápidos do mundo da culinária! É uma comida fantástica. Quando não há tempo para cozer nem arroz nem massa, o couscous é uma boa solução. Há sempre 10 minutos para fazer um couscous rápido. Claro que, se quisermos acompanhar o couscous com algo mais complexo e demorado de fazer, isso vai tomar-nos mais tempo. Mas trata-se sempre de uma comida muito prática e que vai bem com tudo: como acompanhamento ou como prato principal. Se não tiverem muito tempo, façam simplesmente o couscous e depois envolvam com um molho pesto (se o tiverem já preparado no frigorífico) ou simplesmente com um fio de azeite, ervas aromáticas, queijo ralado por cima... Adicionar frutos secos também é uma ideia ou até legumes de conserva já cozidos se estiverem com muita pressa (milho, cogumelos, etc). Este couscous de legumes foi envolvido em pesto de coentros e amêndoas feito por mim (receita no fim do texto) e serviu de acompanhamento a um franguinho no forno.

Receita para 4 pessoas

Ingredientes:
4 pernas de frango
flor de sal com oregãos
azeite qb
300 gr de couscous
3 cenouras grandes
500 gr de bróculos
1 colher de sopa de amêndoas torradas
2 tomates para salada
1,5 dl de molho pesto

Tempere as pernas de frango a gosto. Eu pincelei estas com um fio de azeite e temperei-as apenas com uma mistura de flor de sal e oregãos. Coloquei no forno a 200º e deixei ficar até a pele estar estaladiça (não demora mais de 30m).
Enquanto a carne cozinhava, cozi os bróculos e as cenouras ao vapor para ficarem rijinhos e não se desfazerem. Depois de cozidos, temperei com flor de sal e um fio de azeite e cortei as cenouras em rodelas e os bróculos em "tronquinhos" pequenos. Reservei.

Para fazer o couscous: quando faço como acompanhamento utilizo 75 gr de couscous por pessoa, se for como prato principal tem que ser mais quantidade. Coloco o couscous seco numa tigela e, à parte, fervo água temperada com sal, um fio de azeite e algumas ervas aromáticas, um alho francês, etc (ou uso caldo, se tiver tempo de o fazer). Depois de fervida, deito a água por cima do couscous. Deito o caldo por cima do couscous e deixo repousar 15 minutos, depois solto-os com um garfo. Eu gosto que fiquem soltos e sequinhos, por isso adiciono pouca água (1 a 1,5 dl por cada 150 gr). Como o couscous é muito miúdo, a quantidade de água que indiquei é perfeitamente suficiente para o alimento ficar macio e cozinhado. Depois de pronto, misturei com os legumes e ainda com umas colheradas de molho pesto de coentros e amêndoas.

Para uma taça pequena de pesto: juntar na trituradora meio ramo de coentros, 0,3 dl de azeite, 4 amêndoas, uma pitada de sal, 40 gr de queijo à vossa escolha (da ilha ou parmesão, emmental se quiserem um sabor ligeiramente mais suave). Triturar tudo até obter uma pasta consistente. Estamos a falar de pequenas quantidades de molho, por isso atenção ao sal! Ponham muito pouco, provem e depois retifiquem se necessário.

No fim empratei o frango com o cuscuz, o tomate em quartos e as amêndoas por cima. Ficou uma combinação deliciosa e muito nutritiva.

Bom apetite! Comam bem e de forma saudável!



4 comentários:

  1. Cuscuz é sem dúvida um dos meus ingredientes para refeições mega rápidas! É isso e massas chinesas, super rápido, juntamos algumas coisas, e temos um prato cinco estrelas! ;)
    Mais um ponto gastronômico em comum :) Cuscuz!! :D

    ResponderExcluir