sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Bolo de iogurte com creme de baunilha e massa choux



Este foi o bolo que levei para casa da Lúcia e do Rui num jantar de amigos de sábado à noite. A ideia inicial era fazer um bolo de massa choux com recheio de baunilha, mas como não estava a correr pelo melhor, resolvi adaptar. A massa choux cresceu, mas depois baixou muito (tenho que experimentar outra receita...) e acabou por servir apenas como cobertura da parte superior do bolo. Por baixo coloquei um bolo de iogurte fofinho, depois o creme de baunilha e depois a placa de massa choux, que estava bastante saborosa e tenra, apesar de ter baixado mais do que devia. No fim polvilhei com açúcar em pó. Os amigos adoraram :)

Para o bolo de iogurte:
2 iogurtes magros naturais sem açúcar
200 gr de açúcar
200 gr de farinha
2 colheres de sopa de mel
1 colher de chá de essência de baunilha
1 colher de chá de fermento em pó
4 ovos

Bater as gemas com o açúcar até formar um creme esbranquiçado. Juntar aqui a essência de baunilha e os iogurtes. Misturar bem. Envolver a farinha e o fermento aos poucos e bater bem. Bater as claras em castelo firme com umas gotas de limão ou pedrinhas de sal. Quando as claras começarem a ficar firmes, juntar o mel em fio e continuar a bater até ficarem em castelo. Envolver isto no bolo com cuidado, mexendo com a colher de cima para baixo para não perder a leveza.
Barrar com margarina e farinha uma forma redonda sem buraco e deitar lá a massa. Cozer em forno pré aquecido durante 25 minutos a 180ºC

Para o creme de baunilha:
0,5 l de leite
3 ovos
45 gr farinha maizena
20 gr manteiga
1 vagem de baunilha

Misturar os ovos com o açúcar e a farinha com uma batedora ou com as varas. Ferver o leite com as sementes de uma vagem de baunilha e depois ir deitando o leite em fio no preparado anterior. Ir mexendo bem e levar ao lume até engrossar cuidadosamente (com o lume fraco) para não ganhar grumos. Cozinhar o creme até obter uma consistência lisa e espessa. Por fim adicionar a manteiga e deixar arrefecer o creme antes de o utilizar.

Para a massa choux:
Num tacho deitar meia chávena de água e 4 colheres de sopa de manteiga. Quando ferver, juntar três quartos de chávena de farinha de uma vez e deixar cozer em lume médio, mexendo sempre (como se faz para a massa dos rissóis). A massa deve cozer e ser mexida até se despegar do tacho. Depois colocamos a massa na batedora e deitamos 1 colher de sopa de açúcar e 1 colher de chá de essência de baunilha. Bater bem. Por fim, juntamos 2 ovos, batendo muito bem entre cada adição.
Com o saco de pasteleiro fazemos uma coroa, uma placa de forma redonda em cima de papel vegetal e colocamos num tabuleiro para ir ao forno. A massa vai crescer bastante para os lados e para cima (neste caso aconteceu que cresceu para cima, mas depois baixou, mas a massa estava boa a nível de sabor). Como a massa cresce, devem fazer um círculo menor do que o diâmetro que pretendem. A massa vai expandir e vai formar um cículo muito mais largo.
O forno deve estar a 200º nos primeiros 12 minutos de cozedura e depois deve ser reduzido para 180º e coze mais 12 minutos. Não abram o forno a meio do processo para minimizar os riscos da massa descer. No fim vamos obter uma placa que serve de revestimento ao bolo. (Entretanto vou experimentar outra receita de massa choux que vi fazer no programa Chef's Academy).

Resta montar as partes, com o bolo de iogurte por baixo, o creme a cobrir e depois a placa de massa choux a finalizar. Polvilhamos com açúcar em pó e está pronto a servir!


Bom apetite!


Um comentário: