segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Polvo à lagareiro no pão




Costumo fazer um polvo do género "à lagareiro" no forno. Cozo o polvo até estar tenro, mas sem que se desfaça nem perca as "bolinhas" dos tentáculos. Cozo numa panela comum, só com água, sem sal, pois o polvo já é salgado. Depois coloco o polvo num tabuleiro de forno com bastante azeite e alhos esmagados. Deixo tostar um pouco enquanto asso, também no forno, batatas pequenas com pele. Asso-as com sal grosso e depois dou um murro em cada uma, para ficarem "batatas a murro".
À parte faço sempre migas para acompanhar. Desta vez fiz migas de couve. Cozi um pacote de couve galega já em juliana (como se fosse para caldo verde). Depois de cozida alguns minutos em água e sal, salteei em alho e azeite numa frigideira, juntando um pouco de broa de milho desfeita e também um pouco de feijão frade (para quem gostar de acrescentar feijão às migas).
Costumo fazer tudo desta forma e servir os três componentes em conjunto: polvo, batatas e migas. Mas desta vez resolvi inovar um pouco e servir dentro de um pão. Cozinhei o polvo como habitualmente, assei as batatas no forno e depois cortei-as em quartos, em vez de lhes dar o murro habitual. Cozinhei também as couves, mas desta feita juntei miolo do pão em vez de broa de milho e adicionei três colheres de sopa de azeitonas em rodelas. 
Entretanto tinha aberto uma tampa no pão e retirei o miolo, deixando umas "paredes" no pão. Reguei o pão por dentro com um pouco de azeite e esfreguei um alho esmagado para dar sabor. Depois de tudo misturado, coloquei dentro do pão, juntamente com o azeite que as próprias migas e o polvo traziam.
Como o polvo cozinhou previamente no forno com  azeite e alho, reservei algum desse azeite aquecido para servir à parte na mesa e cada um regou o seu prato a gosto com mais ou menos azeite.
Utilizei o miolo que restou do interior do pão para servir nas entradas. Tostei no forno as lacas de pão e servi assim em vez de tostas.

Estava tudo muito bom e os amigos que comeram connosco neste dia adoraram! Nós também adorámos a companhia :)



Um comentário: