quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Frango de fricassé e memórias de infância





Não sei se concordam, mas as memórias de paladares e cheiros da nossa infância, são algo de maravilhoso. Normalmente associamos essas lembranças a momentos bons, como o Natal ou festas de anos. Tenho duas memórias gustativas em particular que, felizmente, nunca me abandonaram e que ainda hoje tento replicar na cozinha: o arroz de pargo da minha avó materna, que ela me oferecia quando eu chegava da escola para almoçar. E o fricassé de galinha caseira da minha avó paterna, acompanhado de puré de batata e salada de alface, que ela confecionava por altura do seu aniversário (o almoço era sempre fricassé ou favas guisadas, que eu também muito aprecio, ainda hoje!).
Por mais que tente e experimente pratos, nunca vou sentir aqueles sabores exatamente como elas os conseguiam. A avó materna continua, felizmente, junto de mim e ainda a ensinar-me paparocas deliciosas. Em memória da minha avó paterna, deixo-vos aqui a receita do fricassé. Os tempos são outros, o frango já não é caseiro e nem sempre o acompanho com puré de batata, às vezes aparece de mão dada com arroz branco ou batata frita. As matérias primas também vão variando: frango, peixe, cogumelos... gosto de fricassé de tudo!! No fundo, isso são detalhes… o que interessa é que o fricassé esteja bom e apetitoso  ;)    

Ingredientes para 4 pessoas:
1 frango cortado em pedaços
1 cebola grande
3 dentes de alho
1 folha de louro
1 dl de azeite
5 gemas de ovos
Sumo de um limão
1 ramo grande de salsa
Sal e pimenta qb

Preparação:
Cubrir o fundo de um tacho com azeite. Temperar o frango com sal e pimenta e alourá-lo no azeite de forma a que fique bem tostado por fora. Retirar e reservar.
Juntar um pouco mais de azeite para refogar ligeiramente a cebola bem picadinha juntamente com os alhos e a folha de louro. Não deixe a cebola ganhar cor, quando esta estiver macia junte os pedaços de frango para este acabar de cozinhar. Se estiver a secar, junte ou pouco de água ou vinho branco. Quando o frango estiver totalmente cozinhado, retire do tacho, mas mantenha o molho.
Numa tigela, bata as gemas de ovos com o sumo de limão e a salsa picada finamente. Aconselho que vão adicionando o sumo de limão com moderação para não ficar ácido demais, provem e juntem mais a gosto. Bater tudo e juntar ao molho que resultou do frango. Cozinhar em lume baixo durante uns 4 minutos, mexendo sempre, de forma a que as gemas cozinhem, mas sem talharem. Deve ficar um molho homogéneo, consistente e cremoso. Quando o molho estiver pronto, deite novamente o frango no tacho e envolva tudo. No momento de servir, deite mais um pouco de salsa bem fresca por cima.

Bom apetite! Comam bem e de forma saudável!

Um comentário: