sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Bolo delicioso de batata doce e amêndoa # Sem Glúten


O fim de semana é bom por tantos motivos... Um deles é termos algum tempo para fazer pratos deliciosos e depois termos tempo para os saborear entre amigos... Fins de semana de inverno, com chuva a bater nas janelas ou frio a gelar lá fora, são ainda melhores para passarmos algum tempo na cozinha, acender o forno e dar largas à imaginação!
A ideia deste bolo chegou-me, precisamente durante um fim de semana, de forma tão entusiasmante que, ainda não o tinha feito, já o estava a provar! Senti a conjugação de sabores no palato e pareceu-me tão bem que tomei nota da receita e fiz o bolo pela primeira vez para o aniversário de um grande amigo. Entretanto já voltei a fazê-lo e partilho convosco o resultado e o modo de confecionar. Os sabores são outonais, pois leva batata doce, mas fica tão leve que penso que se come bem em qualquer altura do ano. É delicadamente doce, aromático, desfaz-se na boca e... quando acaba, só peca por isso mesmo... por não haver mais! Experimentem e depois digam-me ;)

Ingredientes:
500 gr de batata doce (pesada crua)
180 gr de açúcar areado amarelo (mascavado)
4 ovos bem grandes (XL) ou 5 se forem mais pequenos
130 gr amêndoa moída (farinha de amêndoa) + 50 gr de amêndoa picada + amêndoa laminada qb para decorar
1 colher de chá de fermento em pó (sem glúten para quem não o possa consumir)
2 colheres de sopa bem cheias de mel
2 colheres de sopa de aguardente velha
1 pau de canela, meia vagem de baunilha, 2 cravinhos, meia colher de chá de noz moscada ralada, 1 estrela de anis 1 colher de chá de sopa de essência ou aroma de baunilha

Para o caramelo (opcional): 100 gr de açúcar branco e água qb até fazer ponto de caramelo (como se fosse para untar uma forma de pudim). Nesse ponto, adicionamos 1 dl de natas e mexemos muito bem para formar uma calda espessa. Aromatizem com umas pedrinhas de flor de sal, se gostarem de caramelo salgado, pois vai realçar o sabor do caramelo.

Modo de fazer:
Cozam a batata doce em água a cobrir com o pau de canela, meia vagem de baunilha, estrela de anis, noz moscada ralada e 2 cravinhos. Depois de cozida, desfaçam-na com um garfo, enquanto está quente. Neste processo, adicionem a colher de chá de essência de baunilha, vai ajudar a desfazer a batata e dá um aroma fenomenal.
Batam o açúcar com as gemas e o mel até a mistura ficar fofa e duplicar de volume. Juntem os 180 gr de amêndoa (a moída e a mais desfeita, tudo junto). Adicionem a aguardente. Misturem tudo, juntem a batata doce esmagada e voltem a mexer. Por fim, encorporem delicadamente as claras batidas em castelo bem firme com uma colher de chá de fermento em pó (este fermento é só para dar alguma leveza, pois este é um bolo que vai ficar relativamente baixo, não cresce muito).
Coloquem a massa numa forma untada de margarina e polvilhada com farinha e levem a cozer durante 30 minutos em forno pré aquecido a 200º.
Por cima coloquei amêndoas ligeiramente torradas no forno para ficarem crocantes e um caramelo caseiro que fiz com calda de ponto de açúcar e natas.
Dica: se não quiser juntar o caramelo, deite as amêndoas laminadas cruas em cima da massa crua e leve-a assim ao forno. Desta forma o bolo fica logo com a cobertura de amêndoa tostada e o tempo que a massa leva a cozer é o tempo da amêndoa ficar tostadinha. 

Nota: as fotos foram tiradas de algumas das várias vezes que fiz o bolo.





Um comentário:

  1. Mas que lindo está esse bolo, uma deliciosa sugestão para o fim-de-semana!

    ResponderExcluir