terça-feira, 12 de novembro de 2013

Bacalhau corado com castanhas e migas

Adoro bacalhau de muitas maneiras! Adoro castanhas de muitas maneiras!
Ainda no "rescaldo" do dia de São Martinho, resolvi dar companhia proveniente do mar às castanhas... que são da terra. Colocando a questão de outra forma: resolvi fazer um bacalhau com couves, já a antecipar o Natal, mas com um toque diferente. Às vezes confeciono este género de prato na Noite da Consoada. Bacalhau (ou bacalhau e polvo) no forno com batatas e castanhas. Migas de couve a acompanhar... et voilá! Um bacalhau tradicional, sem ser rotineiro!

O melhor de tudo é que é fácil e rápido de fazer! Passo a explicar:


Depois de demolhado o bacalhau (ou descongelado, no caso de se usarem lombos prontos a cozinhar), seque-o bem com um pano para não deitar restos de água. Deite um generoso fio de azeite num tabuleiro de forno, coloque o bacalhau em cima e regue com mais um fio de azeite. Leve ao forno pré aquecido a 200º durante 12 a 15 minutos, conforme a altura da posta. Noutro tabuleiro coque castanhas e batatinhas com casca para assarem também (atenção que as castanhas assam em cerca de 20 minutos, se forem das congeladas já sem pele e as batatas demoram mais, conforme o seu tamanho). Também podemos bringir (ferver cozendo ligeiramente) as batatas previamente e depois levá-las ao forno.
Coloque azeite e alhos esmagados numa frigideira e adicione as couves (portuguesa, galega ou coração, a que preferirem) em juliana (como se fosse para caldo verde). Se for couve mais rijinha, da galega ou portuguesa, deve ter sido previamente bringida em água a ferver. Vá envolvendo as couves já cozidas com o azeite e deite broa de milho esfarelada a gosto. Humedeça a broa com um pouco da água de cozer as couves (muito pouca água, só para amolecer ligeiramente) e mexa até obter umas migas macias e saborosas que vão absorver todo o aroma do azeite. Retifique de sal e pimenta. Em relação à broa, costumo desfazê-la na picadora e até tenho saquinhos com este preparado no congelador, assim é só retirar a quantidade que pretendo de cada vez.
Por fim, resta empratar, colocando as migas na base do prato, o bacalhau por cima e as castanhas e batatas a murro, à volta (desta vez fiz só com as castanhas). Regue o bacalhau com o azeite que o acompanhou no forno.
Nota: O bacalhau a servir deve ser apenas o lombo. Para não ter nenhum tipo de desperdício, corto as "abas" mais finas (partes da barriga) do peixe e congelo-as, ficando a aguardar por outros pratos.

Bom apetite! Comam bem e de forma saudável!

Nenhum comentário:

Postar um comentário