segunda-feira, 11 de novembro de 2013

As castanhas e o São Martinho

O Dia de São Martinho é celebrado anualmente a 11 de novembro e a tradição gastronómica associada à data manda comer castanhas e beber o vinho novo, produzido com a colheita do verão anterior. Este dia é uma das celebrações que marcam o outono.
A lenda de São Martinho conta que, certo dia, um dia um soldado romano chamado Martinho, estava a caminho da sua terra natal. O tempo estava muito frio e Martinho encontrou um mendigo a tiritar que lhe pediu esmola. Martinho rasgou a sua capa em duas e deu uma ao mendigo. De repente o frio parou e o tempo aqueceu. Este acontecimento acredita-se que tenha sido a recompensa por Martinho ter sido bom para com o mendigo.
Por norma, na véspera e no Dia de São Martinho o tempo melhora e o sol aparece. Este acontecimento é conhecido como o "Verão de São Martinho".

Voltando à tradição gastronómica, as castanhas podem ser comidas assadas, cozidas em água, sal e erva doce ou até fritas. A forma como as cozinho com mais frequência é no forno com bastante sal. Não é a mesma coisa do que assadas no fogareiro, mas é uma forma de as comer quentinhas e também ficam boas. Se usar das congeladas, faço-as também no forno ou na Actifry para acompanhar pratos de carne vários.
Mas a castanha também é muito saborosa quando utilizada em doces. Deixo-vos esta receita que não é da minha autoria (foi retirada de uma revista), mas que fiz como bolo de aniversário para o meu pai que gosta muito de castanhas. Ficou um bolo de anos diferente e muito saboroso.

 
Tarte de castanha e amêndoa
300 gr de castanhas
1 embalagem de massa folhada
200 gr de amêndoa moída
200 gr de açúcar
3 ovos
raspa de um limão pequeno
1 colher de chá de essência de baunilha
2 colheres de sopa de manteiga
1 dl de leite
açúcar em pó e mel qb
Coza as castanhas em água com um pitada de sal. Escorra-as e descasque-as ainda quentes. Reserve. Forre uma forma retangular com papel vegetal e depois com a massa folhada.
Bata o açúcar com os ovos inteiros, junte a amêndoa, depois a raspa de limão, a essência de baunilha, o leite e a manteiga derretida. Misture tudo bem. Reserve algumas castanhas para decorar o bolo e passe as restantes pelo pass-vite. Adicione ao preparado anterior, misture tudo e verta por cima da massa folhada.
Leve ao forno durante 30 minutos a 180º.
Depois de pronto, desenforme o bolo e decore com as castanhas envoltas em mel para ficarem doces e brilhantes. Polvilhe o bolo com açúcar em pó.


Nenhum comentário:

Postar um comentário