sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Raviolis redondos de camarão



Parece que hoje é o Dia Mundial da Massa. Há dias de tudo e para tudo... ora, se também há um "Dia da Massa", vamos comemorá-lo convenientemente! Adoro massas, sejam de compra, de todas as cores e feitios, seja a pasta fresca feita por mim. Tenho este utensílio maravilhoso, oferecido pelo Rui no último Natal e de onde têm saído criações que o fazem ficar feliz por me ter dado esta prenda. Eu também fico muito contente porque pôr as mãos na massa, literalmente!, é sempre um enorme prazer :)


A pasta fresca feita à mão é simples: 100 gr de farinha sem fermento e 1 ovo inteiro ou duas gemas. A partir daqui basta multiplicar as quantidades, tendo sempre em atenção esta proporção: 1 ovo ou 2 gemas por cada 100 gr de farinha. Umas pitadas de sal diluído num pouquinho de água e mais uns borrifos de água se necessário e toca a trabalhar com as mãos até a massa ficar elástica. Não deve ficar demasiado mole, pegajosa, para não colar à máquina de esticar. Também não deve ficar demasiado seca para não quebrar. Deve estar macia e despegar-se das mãos. Enquanto a formos esticando e cortando na máquina, deixamos o resto embrulhado em película plástica para que não seque. Mas voltarei a este assunto noutro post com todos os detalhes e dicas para fazer uma excelente pasta.

Em relação às quantidades, costumo fazer o seguinte: se for uma entrada, como era o caso desta receita, 50 gr de massa por pessoa é suficiente. Se a pasta for o prato principal, sirvo entre 75 a 100 gr de massa por cabeça, conforme o apetite dos comensais.
Esta receita que apresento é uma entrada para quatro. Serve 2 raviolis grandes por pessoa e um camarão tigre, mas podem substituir o "bicho" por dois ou três camarões tipo "gamba", de tamanho mais moderado.


Raviolis redondos de camarão

4 camarões tigre (sal, malagueta picada qb, sumo de limão e azeite para temperar)
200 gr de camarão 60/80
200 gr de miolo de camarão
200 gr de farinha sem fermento
2 gemas de ovo + 1 inteiro
2 dl de vinho espumante
1 dl de nata de soja
2 colheres de sopa de manteiga
1 cebola média
salsa fresca picada para polvilhar


Cozer 100 gr de camarão e todo o miolo em água, sal e malagueta. Reservar o caldo.
Numa frigideira, refogar a cebola picada em manteiga até ficar transparente. Juntar os camarões inteiros que não foram cozidos. Temperar com sal e pimenta e deixar que os camarões libertem o seu sabor. Refrescar com espumante e um pouco de caldo de cozer os camarões. Retirar os camarões e a cebola, coando o molho com um passador. Depois de tirarmos os ingredientes sólidos, deixamos o molho engrossar com um pouco de nata de soja.
Com todos os camarões (os cozidos e os que foram cozinhados na frigideira) e a cebola que retirámos do molho, fazemos uma pasta (picar tudo na picadora ou processador de alimentos). Esta pasta vai ser o recheio dos raviolis.
Entretanto, já temos a massa pronta, depois de esticada na máquina (estico até ficar fina, no nível 6 da máquina). Cortamos rodelas de massa com um cortador redondo, recheamos com a pasta de camarão e fechamos os raviolis, passando com o dedo molhado com um bocadinho de água ou clara de ovo nos rebordos da massa. Assim os raviolis ficam fechados e não desmancham quando forem a cozer. A cozedura em água e sal faz-se por cerca de 5 a 6 minutos, pois a pasta fresca coze rapidamente. 

Enquanto fazemos isto, os camarões tigre assam no forno cerca de 10m (conforme o tamanho) depois de abertos e temperados. Devem ficar suculentos, não devem assar demais. Se optarmos por camarões mais pequenos, devemos fazê-los na frigideira, fritos com alho e azeite.
Por fim, empratamos os raviolis com o camarão e o molho, tudo salpicado com salsa picada.

Este prato é delicioso e requintado. Não prima por ser muito económico, mas também não se faz todos os dias... E nem todos os dias são Dia Mundial da Massa ;)

Bom apetite! Comam bem e de forma saudável!



 

2 comentários:

  1. Ficou mesmo muito bom, Vera. Eu adoro fazer pasta fresca! Este prato ficou muito saboroso, com muito sabor a camarão. É daquelas coisas para comer devagarinho e fazer render, eheheh ;)

    ResponderExcluir